A Polícia Civil (PC) concluiu inquérito policial sobre um roubo ocorrido no dia 7 de fevereiro deste ano, tendo como vítima morador de um edifício residencial situado no Setor Oeste, em Goiânia, de onde foi subtraído mais de 100.000,00 (cem mil reais) em joias.

Após seis meses de investigação, foram identificadas três pessoas como autoras do crime: Matheus Ribeiro de Castro (20 anos de idade), Ciro Delellis Carvalho (38 anos de idade) e o menor R.F. F. Todos os autores são originários de São Paulo e especializados em arrombamentos de apartamentos, cujas vítimas são geralmente de origem oriental.

Matheus Ribeiro de Castro foi preso em flagrante, em São Paulo (SP), tendo a equipe da Deic ido à capital paulista para cumprir seu mandado de prisão cautelar. Ciro Delellis encontra-se foragido, mas com mandado de prisão decretado pelo Poder Judiciário. Já o menor infrator foi encaminhado à Depai.

Os autores foram indiciados pela prática do crime de roubo qualificado por concurso de pessoas e também por associação criminosa. Podem pegar até 15 anos de prisão se forem condenados.