Goiás confirma o recorde na produção de grãos para a safra 2019/2020, que se encerra com 27,5 milhões de toneladas produzidas, um aumento de 8,9% sobre a safra anterior. Os dados são do 12º Levantamento de Grãos, divulgado nesta quinta-feira (10/09). É o último do ciclo 2019/2020, realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que também aponta o registro histórico na produção nacional: 257,8 milhões de toneladas no total (4,5% a mais que na safra 2018/2019).

Segundo a Conab, o recorde se deve ao aumento da área plantada e da produtividade, tanto no País de modo geral, quanto no Estado, com média de aumento acima da brasileira.

Em Goiás, a área plantada foi de 6,07 milhões de hectares (aumento de 7,2% sobre a safra anterior) e a produtividade média de 4.535 quilos por hectare (aumento de 1,5%). Já no País, a área plantada cresceu 4,2% (65,91 milhões de hectares) e a produtividade média, 0,3% (3.912 quilos por hectare).

Os principais destaques confirmados são nas culturas de soja e milho. Goiás produziu 13,1 milhões de toneladas de soja (8,8% sobre a safra passada) e 12,6 milhões de toneladas de milho (9,8% acima da safra 2018/2019).

Nas duas culturas, o Estado ocupa a posição de terceiro maior produtor nacional. Outro destaque foi a produção de sorgo, na qual o Estado é o maior produtor do País. Na safra 2019/2020, Goiás produziu 1,09 milhão de toneladas, o que representa aumento de 10,9% sobre a safra passada.